#11 - Memória de Minhas Putas Tristes

Autor: Gabriel García Márquez
Ano: 2005
Descrição: Primeira obra de ficção de Gabriel Garcia Márquez em dez anos, Memória de Minhas Putas Tristes é uma jóia narrativa. Um conto de fadas: sentimental, implacável, sábio e irônico. Ao revelar a história de um velho jornalista que decide comemorar seus noventa anos com uma noite de amor com uma jovem virgem, Garcia Márquez constrói um hino de louvor à vida e, por extensão, ao amor, já que um não existe sem o outro no imaginário do Prêmio Nobel de Literatura de 1982.
Escala-Lia:
Comentário: O que eu poderia dizer sobre este livro é o seguinte: trata-se de uma história despretensiosa, sobre um tema comum, mas inserido em um contexto todo especial. Não há muito o que comentar sobre a beleza da história de um senhor que se apaixona pela primeira vez aos 90 anos, por uma prostituta virgem de 14.
A história realmente é muito simples, mas carregada de sinceridade, de pureza.

voltar